Home As mais lidas
Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Sex, 19 de Novembro de 2004 22:04

Hoje eu transcrevi aqui no site dois poemas muito bonitos. O primeiro, O Albatroz, do poeta francês Charles Pierre Baudelaire (1821-1867), e o outro, Ser Pára-quedista, do nosso contemporâneo Jorge José Góes da Silva, poeta e Pára-quedista nº 62110. Eu encontrei algumas referências sobre este nome no site da Brigada; acho que Jorge José é o Maj. PQDT Góes. Espero que um dia possamos conhecê-lo. Sendo Jorge José um militar, o seu "Ser Pára-quedista" naturalmente refer-se também ao pára-quedismo como um meio, mas sente-se na emoção dos seus versos a paixão do pára-quedista pelo salto em sí, como um fim. Vale a pena lêr estes dois poemas.

Ser Pára-quedista

Jorge José Góes da Silva
Pára-quedista nº 62110

SER, verbo que qualifica o sujeito,
Ser imperfeito moldado na fornalha da Área,
Que se torna SÊ no imperativo,
E sente orgulho de si mesmo!

PÁRA-QUEDISTA, aquele que É,
Tem a natureza alada,
Leva no peito as asas prateadas,
Que se funde na imensidão do céu!

Estar pára-quedista ou Ser pára-quedista,
Estar se forma com talvez o passar do tempo,
Ser nasce assim que sai do ventre da mãe,
Na Área de Estágios acontece a metamorfose,
A simbiose metafísica do homem com asas!

Pára-quedista, cujo sináculo ostentado no peito,
Já o existia no infante homem, dos dias de outrora,
Que se funde na imensidão do SER,
Quando se lança do avião!

Inexiste ex-pára-quedista,
Pára-quedista É,
ONTEM, HOJE e SEMPRE,
Eternamente!!!
A alquimia pura de homem, avião e espaço celeste!

Pára-quedista, camaleão,
Muda de cor, mas é imutável na profissão,
É verde esperança, camuflado peleja,
Azul imensidão, em vôo eterno de solidão!

EU SOU... !!!!
EU SOU PÁRA-QUEDISTA!,
E esta é a única conjugação, deste verbo predicativo,
Empregado no imperativo nos portais da Área de Estágios,
Para quem já nasce em "JEB"!!!

 

Comentários

avatar Antonio Cassemiro dos Santos
+2
 
 
Brasil Acima de Tudo - VELAME - ADSUMUS
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
avatar Nilo da Silva Moraes
+5
 
 
No Grupo do Grafonsos Rio Grande do Sul fazem parte, entre outros, o pqdt 44, pioneiro, Casemiro Scepaniuk, 89 anos, o homem do pino que leva a corruptela do seu nome "chipanique"; o pqdt 211, Hugo Romeu, o homem que dubla o palhaço Carequinha no filme "Sai de baixo", na cena em que é jogado da torre.
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
avatar Nilo da Silva Moraes
+4
 
 
Tenente Ivi e Tenente Paula Raquel, as primeiras paraquedistas militares brasileiras.

Em 22 de Janeiro de 2011, foi inaugurada na Área de Estágios Paraquedista uma placa alusiva à formação das primeiras paraquedistas militares do segmento feminino do Exército Brasileiro. A homenagem marca a formação paraquedista das então 2º Ten Pqdt Ivi Costa Rocha dos Santos e 2º Ten Pqdt Paula Raquel da Silva Bittencourt, no 2006/1 Curso Básico Paraquedista. Prestigiaram o evento oficiais e sargentos, instrutores e monitores, que, à época, participaram da formação das paraquedistas.

Aguardem, para breve, o novo Almanaque Pqdt, uma publicação do Grupo Grafonsos do Rio Grande do Sul.
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
avatar Juliana Teixeira
+7
 
 
Lindo este poema... Lli ele hoje, por acaso. Estou querendo descobrir mais sobre a profissão dos meus sonhos... Espero conseguir realizá-lo!!
Feliz 2010 a todos PARAQUEDISTAS DO MUNDO!!!
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
avatar regina claudia sousa de oliveira
+7
 
 
esse poema e tão lindo quanto ter um filho,para-quedista,.........
sinto orgulho de ter um filho, no 20 blog.
obrigada..FELIZ 2.01O A TODOS OS PARAQUEDISTA DO MUNDO INTEIRO...
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
avatar Nilo da Silva Moraes
+5
 
 
O poeta citado acima, Jorge Jose Goes da Silva, Pqdt 62110, ja fez o curso 1996/9 como Capitao.
MA 4099
Salto Livre 1349
ETA 2941
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
avatar Sergio de Mello Queiroz
+8
 
 
Convido a todos os integrantes de que existe em Porto Alegre uma Confraria chamada GRAFONSOS de Veteranos PAraquedistas Militares.
Nela PQDs de 1946, 52, 58, 63, 64, 77,82,83,84, imagine o assunto das reuniões.
Sou Pqdt 38937
PARAQUEDISMO É CLARO!
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
avatar PACO
+10
 
 
Em 1967, quando em Xerém, eu tive instruções com o 1° tenente Jorge Góes - será que é o mesmo? Se fôr, é realmente um espanto imaginá-lo um poeta depois de receber instruções de como penetrar num campo inimigo, como "eliminar" a sentinela inimiga, etc (o cara era uma fera)... e como sobreviver na selva. Nos deu uma demopnstração de como preparar um coelho, cortou o pescoco do coelho num golpe só e o pôs de cabeça para baixo para sangrar... o coelho se debatia e eu morrendo de pena. O tenente olhou para o coelho e disse que alguém ali estava com pena do animal e olhou direto pra mim... me fez tomar um copo do sangue, e eu tomei sem pestanejar... ele ficou estupefato me olhando com uma cara !... é dificil mesmo imaginá-lo poeta, hehehe... mas talvez não é o mesmo Jorge Góes, quem sabe? Desculpem se fiz uma narração meio grotesca... mas as lembranças são fortes e vívidas ...
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário
Cancelar
Nome *
Email (Para verificação e respostas)
Código   
ChronoComments by Joomla Professional Solutions
Enviar o comentário